BLOG DA MARLENE

Aqui quero fazer um espaço de boa comunicação com meus amigos leitores. Seja bem vindo!

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

NA ROTA DAS PEDRAS PRECIOSAS

Teófilo Otoni, também denominada Capital das Pedras Preciosas, tem a possibilidade e o desempenho de abrir o caminho que leve a um roteiro  turístico, capaz de beneficiar  e divulgar toda a estrutura de gemas da cidade  e região. Estamos em momento de crise, sofremos isso no nosso dia a dia. Eis algumas reflexões de Albert Einstein sobre crise:
"Não pretendemos que as coisas mudem se sempre fazemos o mesmo". 
"A crise é a melhor bênção que pode ocorrer com as pessoas e países, porque   a crise traz progressos".
"A criatividade nasce da angústia, como o dia nasce da noite escura".
"É na crise que nascem as invenções, os descobrimentos e as grandes       estratégias"
"É na crise que se aflora o melhor de cada um". 
"Acabemos de uma vez com uma única crise ameaçadora, que é a tragédia de não querer lutar para superá-la."
Na Capital das Pedras Preciosas, há uma longa caminhada a percorrer para que seu brilho se desnude, para que definitivamente se mostre como líder no roteiro turístico das preciosidades. Quando viajamos para diversas regiões em rota turística, abrimos espaço para a diversão e o conhecimento, e compramos sempre lembranças por onde passamos.  Podemos imaginar e fazer de nossa cidade uma verdadeira "Capital das Pedras Preciosas", basta querermos POIS é na crise que se aflora o melhor de cada um.
Imaginem: entrar numa cidade com as colinas decoradas com pedras preciosas, muitos ônibus turísticos, hotéis repletos, guias turísticos levando os visitantes aos estandes de pedras pela cidade... O turista poderá conhecer as cidades das redondezas e suas histórias como Catuji, Padre Paraíso e outras.
Quanta informação ao vivo e a cores; conhecer uma lavra, uma catra, um túnel, saber histórias dos anões místicos que se contam nas lavras como O Izone.
Ainda nesse roteiro temos outras riquezas a oferecer: as belas flores da Laginha, as comidas típicas das localidades, as famosas feiras de artesanatos e muito mais.
O dólar está altíssimo, porém isso é favorável para  o comércio de pedras preciosas. Com certeza a hora é agora e todos serão beneficiados.  Haverá um "Menino de Dedo Verde" como escreve Maurice Druon, ou quem sabe, de Dedo Brilhante que transformará esse projeto em realidade, que não será um menino, mas um homem iluminado.
Soando em meus ouvidos uma melodia de Almir Sater que diz tudo:"Cada um de nós compõe a sua história, e cada ser em si carrega o dom de ser capaz e ser feliz".  Nesse dom de ser capaz de ser feliz habita a concretização de nossos projetos.  O momento é propício, a Capital das Pedras Preciosas mostrará o seu potencial. O sonho persiste e em seu bojo o desejo de em breve termos o turismo presente em nossas rotas. O desafio está lançado, só o tempo dirá da sua concretude, quem viver verá!......São sonhos que se tornarão realidades!     

Marlene Campos Vieira - Escritora e educadora- Membro titular da Academia de Letras de Teófilo Otoni.

Nenhum comentário:

Postar um comentário